Power Doctor

55 erros que você NÃO pode cometer em seu consultório

3.17KVisitas


Ter um
consultório odontológico vai muito além do que os clientes enxergam na hora do atendimento. Aliás, muito do eles veem é apenas a superfície de toda uma grande atividade. Se você, dentista, acredita que para ser um bom profissional é necessário “apenas” fazer um excelente trabalho associado a um bom atendimento, talvez seja o momento de começar a rever os seus conceitos. Afinal, os pequenos detalhes também fazem uma grande diferença no entendimento geral que paciente tem sobre a consulta como um todo. Isto é, os detalhes também são fundamentais para agregar valor. E, consequentemente, a experiência de ir ao dentista acaba sendo algo muito melhor do que o esperado. Por causa de “detalhes” que muitas vezes um paciente pode optar por voltar a um consultório ou não.

É evidente que deslizes acontecem e em todos os âmbitos. Mas é necessário analisar o que está sendo feito de errado para corrigir antes que isso possa comprometer todo um trabalho bem feito. Pensando nisso, o blog do Power Doctor preparou uma lista com 55 erros que você NÃO pode cometer em seu consultório. Confira!

Perda de valor  atendimento clínico

  1. Cuspideira suja.
  2. Sair de máscara na recepção.
  3. Refletor sujo, jaleco sujo, avental sujo, sapato sujo, sem meia.
  4. Deixar o paciente sair na recepção com o rosto/lábios sujos de gel ou pó.
  5. Deixar o sugador pendurado até secar a mucosa jugal.
  6. Mover o refletor nos olhos do paciente.
  7. Acender o fotopolimerizador antes de estar perto do dente, com aquela luz no olho do paciente e não avisar para ele fechar os olhos.
  8. Deixar o paciente com ponta do fio machucando.
  9. Acender isqueiro na frente do paciente.
  10. Sair na recepção de máscara
  11. Refazer a mesma emergência no dia seguinte.
  12. Abrir portas e gavetas de luva. Ir para outro consultório de luva. Escrever no computador ou monitor de luva.
  13. Dizer que vai fazer uma coisa e não cumprir (exemplo: raio xis na próxima consulta).
  14. Mandar recado pelo paciente para recepção ou para outro dentista.
  15. Alta rotação jorrando água no nariz, pescoço e retrações gengivais.
  16. Não dar retorno para uma solicitação do paciente.
  17. Dizer informações contraditórias na equipe.
  18. Repetir procedimentos (ex: moldagem)
  19. Dizer que não tem responsabilidade porque foi a outra “colega” que fez sendo que a outra colega é da clínica.
  20. Deixar o paciente passar frio/calor/medo/dúvida/dor – sem acolher ou explicar.
  21. Dizer palavras negativas vinculadas aos procedimentos, desnecessariamente (ex: desvantagem, dor, demorado).
  22. Diminutivos (dentinho, plaquinha, aparelhinho).
  23. Conversas paralelas durante o atendimento.
  24. Gritos e chamados durante o atendimento.
  25. Não demonstrar desconhecimentos sobre o tratamento (perguntar para o paciente).
  26. Comentários negativos sobre o tratamento.
  27. Colocar-se na mesma posição que ele sobre os tratamentos.
  28. Entrar no consultório durante o atendimento e falar que tem outro paciente aguardando, ou outro dentista ou dizer que está atrasado.
  29. Chão sujo de alginato – olhar para o chão no final do dia.
  30. Cheiro ruim no consultório odontológico.
  31. Pegar algo do chão de luva ou colocar em cima da mesa de atendimento.
  32. Amassar o lábio do paciente com o sugador.
  33. Colocar o sugador na garganta.
  34. Atender banalmente, sem envolvimento emocional.

Perda de Valor no atendimento geral

  1. ATRASO.
  2. Falar CONFIRMAR.
  3. Falar “vou ver com a Dra.”.
  4. Falar “Vou ver se a Dra. Fulana consegue fazer se não tem que ser somente com a Dra. Marina”.
  5. Agendar horário errado – fazer confusão na agenda
  6. Desmarcar paciente com frequência sem motivo justo
  7. Dizer que vai fazer uma coisa e não cumprir
  8. Baixa velocidade de resposta (retornar uma dúvida por exemplo).
  9. Informações contraditórias
  10. Dizer que não tem responsabilidade porque foi a outra “colega” da recepção que fez
  11. Oferecer acesso difícil (localização, estacionamento).
  12. Não cumprir prazos combinados
  13. Banheiro sujo, copo sujo, qualquer coisa suja
  14. Aparência pouco profissional
  15. Conversar assuntos delicados de um paciente na frente de outro paciente.
  16. Atitude preguiçosa ou descompromissada da equipe diante de uma necessidade do cliente (ex. guarda-chuva na escolinha)
  17. Descaso com o tempo do cliente, não avisar que estamos atrasadas.
  18. Quando o paciente chega, deixar ele “mofando”na recepção, sem avisar a dentista ou auxiliar que ele está aguardando.
  19. Não dar retorno sobre o planejamento – sequencia com dentistas – dúvidas – retorno sobre exames.
  20. Cobrar 2x o cliente que já pagou.
  21. Pedir comprovante de pagamento de algo que já foi pago e enviado.

Você se identifica com alguns destes erros citados acima? Coloque-se na posição no paciente e veja como essas situações podem ser chatas ou mesmo constrangedoras. Por isso, atente-se aos detalhes e faça com que a experiência de ir ao dentista seja a melhor possível.

Gostou das dicas? Então não esqueça de nos seguir no Facebook e no Instagram para ficar atualizado sobre tudo o que acontece no Blog Power Doctor e no mundo odontológico.